O site momondo listou uma série de coisas para fazer de graça em Madrid, confira abaixo:

A capital espanhola é um verdadeiro paraíso cultural – veja dicas de o que fazer em Madrid sem pagar absolutamente nada.

Relaxe à beira do lago no Parque do Retiro
Relaxe à beira do lago no Parque do Retiro

Madrid é o coração cultural da Espanha e um paraíso para os gourmets de plantão, com mais bares per capita do que em qualquer lugar outro lugar na Europa, além de uma riqueza histórica absurda. Para melhorar ainda mais, você vai se surpreender com a quantidade de aventuras que pode apreciar por lá sem gastar um tostão. Confira nossa seleção do que fazer em Madrid de graça!

Visite as galerias do Triângulo de Ouro da Arte

o que fazer em Madrid - Espaço para um papo cultural é o que não falta no Reina Sofia

Espaço para um papo cultural é o que não falta no Reina Sofia

Madrid sedia diversas galerias e museus mundialmente famosos, dentre eles três que formam o chamado Triângulo de Ouro da Arte, que oferecem horários gratuitos durante a semana: o Prado (terça à sexta, 18-20h e domingo 17-20h), Reina Sofia (segunda à sexta, 19-21h) e o Thyssen-Bornemisza (segunda 12-16h). Prepare-se para longas filas, mas elas valem a pena para ver de graça algumas das maiores obras de arte do mundo.

Outras galerias mais contemporâneas em Madrid que você pode visitar de graça em qualquer dia da semana incluem a Tabacalera, instalada em uma antiga fábrica de tabaco, e a Casa Encendida, que possui um lindo e imperdível terraço.

Sinta a vibe local no Mercado El Rastro

o que fazer em Madrid - Hora de pechinchar no mercado de El Rastro

Hora de pechinchar no mercado de El Rastro

Ruas que costumam acordar vagarosamente nesse dia ganham vida todas as manhãs de domingo, quando o Mercado El Rastro ocupa o bairro La Latina. É um ótimo local para observar os moradores e vasculhar as tendas.

O mercado vende de tudo – de antiguidades a discos clássicos de flamenco, de camisetas a utensílios domésticos. É possível achar tesouros em meio a tantas traquitanas, mas o que importa mesmo é sentir a vibe local dos madrileños.

Relaxe com estilo no Parque do Retiro

o que fazer em Madrid - Verão é sinônimo de piquenique no Parque do Retiro

Verão é sinônimo de piquenique no Parque do Retiro

Eis um paraíso verde no coração de Madrid: o Parque do Retiro, que foi aberto ao público pela monarquia no final do século 19. Seja qual for a razão, o parque é um dos destinos preferidos de moradores e viajantes: refrescar-se em um dia de verão com um piquenique à sombra, ou relaxar e apreciar a paisagem em meio às folhas douradas.

Por lá, há um lago navegável, dezenas de esculturas, um lindo jardim de rosas e o incrível Palácio de Cristal, um pavilhão de vidro com exposições de arte gratuitas.

Aprecie o charme egípcio do Templo de Debod

o que fazer em Madrid - Um templo egípcio bem no meio do centro de Madrid

Um templo egípcio bem no meio do centro de Madrid

A última coisa que você esperaria ver no centro da capital espanhola é um templo egípcio antigo, mas… surpresa! Ele está majestoso em uma colina, e foi presente do Egito para a Espanha em 1968, como agradecimento pela ajuda recebida na preservação de diversos templos egípcios.

O templo foi originalmente construído no século 2 a.C. e, nos dias de hoje, não há lugar melhor para assistir ao por do sol sobre Madrid. Localizado no Parque del Oeste, é também um ótimo point para um piquenique, com uma vista linda da Casa de Campo, outro lindo parque no oeste da cidade.

Siga os passos de Hemingway na Gran Vía

o que fazer em Madrid - A Broadway espanhola tem incríveis detalhes arquitetônicos para apreciar

A Broadway espanhola tem incríveis detalhes arquitetônicos para apreciar

Luzes, câmera, ação! Da icônica placa da Schweppes até as premières internacionais de cinema, a Gran Vía já apareceu em inúmeros filmes famosos, como “Abra los ojos” (Preso na Escuridão no Brasil), de Alejandro Amenábar, que depois foi refilmado em Hollywood como “Vanilla Sky”, com Tom Cruise.

Como uma passarela da arquitetura do século 20, a rua costumava sediar dezenas de cinemas, mas hoje apenas alguns poucos resistem – vários foram fechados para dar lugar a lojas de marcas famosas. Outro destaque é o prédio da Telefónica (o primeiro arranha-céu da Europa): Ernest Hemingway costumava fazer seus relatos durante a Guerra Civil Espanhola direto do edifício.

Absorva a rica história da Plaza Mayor

o que fazer em Madrid - Turística ou não, a Plaza Mayor é repleta de histórias pra contar

Turística ou não, a Plaza Mayor é repleta de histórias pra contar

Ela pode até ser cheia de turistas, mas não dá para deixar de ver de perto a grande e bela praça principal de Madrid. A Plaza Mayor já sediou todo tipo de evento ao longo dos anos, de jogos de futebol a shows, até julgamentos e execuções durante a Inquisição Espanhola. Cenas de sua rica história estão marcadas nos bancos sob os postes da praça.

Fuja dos restaurantes caros demais ao longo da praça, e opte por um delicioso “bocadillo de calamares” (sanduíche de lula) em um dos bares baratos e animados nas ruas laterais da praça – é o lanchinho típico para comer ao redor da Plaza Mayor.

Mergulho no passado na Estação de Metrô Chamberí

o que fazer em Madrid - Estação de metrô Chamberi – uma viagem ao passado

Estação de metrô Chamberi – uma viagem ao passado © Antonio Tajuelo

Ao norte do centro da cidade fica uma verdadeira joia da qual a maioria dos viajantes nunca ouviu falar. A Estação de Metrô Chamberí deixou de funcionar em 1960, quando os trens foram aumentados.

Seus anúncios, cabine de atendimento e plataformas parecem ter sido congeladas no tempo, e hoje pode-se visitar a antiga estação de graça e fazer uma verdadeira viagem ao passado. Os trens do metrô ainda passam pela estação, mas não param. Eis um ótimo local para curtir um pouco da Madrid vintage.

Volte alguns milênios no tempo nas Muralhas Árabes de Madrid

o que fazer em Madrid - Um gostinho da Madrid de milênios atrás

Um gostinho da Madrid de milênios atrás © Prof.Mortel

Ao lado de uma das maiores atrações de Madri, o Palácio Real, fica um local bem menos popular mas imperdível: as muralhas mouras medievais da cidade, que ilustram a história tão diversificada de Madrid.

A primeira muralha ao redor da cidade foi construída pelos governantes muçulmanos de Madrid, durante a dominação moura da Península Ibérica. A construção da muralha está diretamente ligada à fundação de Madrid; a muralha data do século 9, quando defendeu a cidadela muçulmana (também conhecida como “almudaina”) de Mayrit – o primeiro nome de Madrid.

No verão, pode-se assistir a espetáculos de música e dança por lá, promovidos pela prefeitura de Madrid.

Aprenda mais sobre a história de Madrid no Museu San Isidro

o que fazer em Madrid - A chance de conversar com o padroeiro da cidade

A chance de conversar com o padroeiro da cidade

Explore as origens de Madrid na antiga residência de San Isidro, o santo padroeiro da cidade. Esse museu gratuito detalha o começo da cidade através de quadros, mapas e artefatos. Há detalhes incríveis da casa de San Isidro, incluindo o poço de onde, segundo a lenda, ele salvou seu filho fazendo a água subir.

A coleção é disposta em diversas exposições, incluindo Mayrit-Madrid, que apresenta a história islâmica da cidade. O andar térreo abriga resquícios de elefantes e rinocerontes que costumavam vagar pela atual Madrid, assim como ferramentas de pedra que eram usadas para caçá-los.

Gostou desse artigo? Continue recebendo nossos posts, dicas e e-books gratuitos!

Coloque seu e-mail abaixo e entre para nossa lista VIP!

Fique tranquilo seus dados estão 100% seguros e somos totalmente contra Spam.