Viajar barato pelo mundo no melhor estilo Nômade Digital

como ser um nômade digital

Geralmente ouvimos falar de viagens como algo em que você precisa gastar rios e rios de dinheiro sempre e caso deseje conhecer outros países as viagens ainda são mais caras, contudo, nem sempre precisa ser dessa forma.

Existem viagens realmente que necessitam de valores exorbitantes, as passagens são caras, o local onde pretende ficar tem um custo de vida caro etc., clique e leia o artigo sobre custo de vida baixo em alguns países do mundo aqui mas para felicidade geral dá sim para viajar barato pelo mundo.

Cada pessoa tem suas peculiaridades e não é impossível que duas pessoas viajem para o mesmo lugar na mesma época e gastem valores diferentes.

Para quem gosta de ostentação, restaurantes caros e badalados e hotéis 5 estrelas não há como viajar com pouco dinheiro, mas tem muita gente que não se apega a coisas luxuosas e preferem ficar em hotéis mais simples, comer em restaurantes populares e sem dúvida vão aproveitar muito sua viajem sem gastar tanto.

Para conseguir viajar barato pelo mundo é necessário, antes de qualquer coisa pesquisar locais, fazer orçamento e etc. Como você vai fazer isso? Nesse post vamos te ensinar passa a passo como se preparar para sua grande viagem pelo mundo.

Veja nossas dicas de como viajar barato pelo mundo

  1. Pesquise sobre locais com baixo custo de vida: Na internet você vai encontrar com muita facilidade sites que dão dicas sobre esses lugares e com certeza você vai encontrar um que seja do seu gosto. Não se engane pensando que não vai encontrar locais baratos na Europa, lá também dá para viajar barato. Clique e leia o artigo sobre custo de vida baixo em alguns países do mundo aqui
  2. Planeje sua viagem: Agora que você já escolheu os lugares que deseja ir, precisa planejar sua viagem. Quanto dinheiro você tem para gastar? Depois de determinar essa quantia é hora de pesquisar passagens, hotéis, restaurantes… A época do ano também interfere muito no valor de sua viagem, pois em altas temporadas as passagens e os hotéis costumam ficar bem mais caros. Viajar mais pagando menos? clique aqui!
  3. Otimize seu roteiro: se você quer fazer 10 países espalhados pelo mundo em 1 ano sai bem mais caro do que fazer 10 países em regiões interligadas, pois você pode fazer deslocamentos mais curtos por terra e não precisa de longos trechos de avião, que é a parte que mais pesa no orçamento.
  4. Como economizar com as passagens: Os gastos com as passagens vão levar aproximadamente metade do seu dinheiro, por esse motivo se você puder trocá-las por milhas seria interessante. Outra grande dica é comprar as passagens com antecedência, várias empresas vendem por quase metade do preço para quem compra para viajar meses depois. O horário das passagens também pode barateá-las, mas cuidado com o horário que vai chegar em seu destino. Viajar mais pagando menos? clique aqui!
  5. Prefira hospedagens populares: Nada de hotéis de luxo! Pesquise sobre hotéis mais alternativos, existem locais de hospedagem bem mais em conta, você só precisa pesquisar também onde estão localizados para não cair em locais perigosos. Outra boa possibilidade é se hospedar quase de graça. Sabe como? Quer saber como se hospedar barato ou até mesmo de graça? Clique Aqui! Trocando seus serviços por hospedagens… Pode apostar que existem várias empresas fazendo isso hoje em dia. Quando escolher seu hotel, pesquise também a procedência, procure pessoas que já se hospedaram lá e pergunte sobre as acomodações e sobre o local.como ser um nômade digital

    Viajar barato pelo mundo

  6. Gaste pouco para comer: caso você alugue sua própria casa, a melhor opção é fazer sua própria refeição, mas se vai ficar em pousadas ou hotéis a dica é procurar restaurantes que fiquem bem longe dos pontos turísticos. Opte por estabelecimentos pequenos e mais distantes, pois esses costumam ser bem mais baratos. Peça sempre o prato do dia que costuma ser mais em conta.
  7. Cuidado com o câmbio: Na hora de trocar seu dinheiro procure por casas de câmbio com o preço menor. O valor entre essas casas costuma variar muito, então não troque seu dinheiro pela moeda local em qualquer lugar. Caso necessite, pode pesquisar sobre casas de câmbio no site Exchange. Essa é uma das melhores dicas para quem deseja viajar barato pelo mundo.
  8. Não viaje em altas temporadas: Altas temporadas não significam apenas passagens caras, mas também hotéis e alimentação com preços bem mais altos, é difícil conciliar o seu roteiro em 100% do tempo para evitar a alta temporada, mas se você sabe que aquela cidade específica bomba muito no período que você queria ir vale a pena repensar seu roteiro, os preços podem triplicar dependendo do local.
  9. Faça deslocamentos noturnos: dessa forma você economiza na hospedagem daquela noite. Mas isso só vale se a passagem noturna não for bem mais cara que a diurna.
  10. Vá de carona: existem grandes comunidades de viajantes que só viajam assim. Talvez você não queira fazer uma viagem inteira de carona, mas pode usar esse recurso em vários deslocamentos, até mesmo para viver uma experiência diferente. É uma ótima oportunidade para conhecer e interagir com locais.
  11. Confira a agenda dos lugares turísticos: muitos lugares oferecem dias gratuitos para visitação ou promoções durante períodos especiais e eventos. Pesquise também sobre os famosos “Free Walking Tour” que existem pelo mundo todo.
  12. Pergunte aos locais: sempre pergunte à locais (que não tenham nenhuma relação com o turismo) quanto as coisas custam, como um trecho de tuk-tuk, uma coisa que você quer comprar, um transporte, etc… É comum que os prestadores de serviço tentem enganar os turistas. Se você tiver boas referências isso não acontece.
  13. Utilize o transporte público: não importa onde você vá no mundo sempre existem opções de transporte púbico. Esqueça o táxi e tente encontrar sempre a opção mais barata. Pense assim: num país barato se o táxi é barato o transporte público é mais ainda. Aproveite também para andar muito. O que são 3 km a pé quando você tem tempo e pode apreciar a vida à sua volta? Você nem sente passar o tempo e ainda faz bem pra saúde.
  14. Coma onde os locais comem: esqueça os restaurantes turísticos, procure comer onde os locais comem e em mercados de comida. Uma boa forma é perguntar para os locais onde eles almoçam, pois é comum encontrar pacotes bem mais em conta no almoço. Logo, almoce na rua e cozinhe na janta (quanto tiver cozinha na sua hospedagem). Não tenha preconceito, comida de rua pode ser sim uma delícia e não vai te matar!
  15. Coma na casa de um local: encontre um anfitrião disposto a compartilhar uma refeição com você no site Meal Sharing. Essa vai ser um oportunidade perfeita de provar uma comida caseira e interagir com a cultura local.
  16. Seja seletivo: em longas viagens como essa você vai aprender a selecionar melhor o que vale mesmo a pena visitar, ao invés de querer ver tudo que passa pela sua frente como em uma viagem de férias. Você acaba aprendendo a usar o seu dinheiro de forma mais eficiente.
  17. Viaje devagar: quanto mais devagar você viajar, mais barata tende a ser a sua viagem. Por várias razões: os custos mais elevados com transporte e experiências se diluem nos dias com poucos gastos, você não faz passeio todos os dias e tem muitos dias para relaxar, você se desloca bem menos que um viajante acelerado, você tem mais tempo em cada lugar para investigar as opções mais baratas para se hospedar, comer, passear, etc.
  18. Elimine os preconceitos: você vai conhecer lugares e pessoas completamente diferentes da sua realidade e cultura. Abra a sua mente, elimine os seus preconceitos e esteja aberto à experimentação. Sabe aquele olhar torto pra birosquinha, para aquele transporte, para aquele quarto do hotelzinho? Elimine esse hábito e um mundo vai se abrir à sua frente.

Se você é do tipo que gosta de se aventurar e não quer pagar nada por hospedagens pelo mundo existem várias formas de fazer isso, é só conferir, clique aqui!

Agora que já sabe o que precisa para viajar barato pelo mundo é só se organizar e arrumar as malas!

Você vai gostar também:

7 Vantagens de ser um Nômade Digital

50 coisas para fazer de graça na Europa

9 cidades para visitar pelo mundo com até R$ 1.000,00

O que comprar com R$ 10,00 pelo mundo

Um dos 4 melhores destinos para um Nômade Digital visitar – (Custo x Benefício)

Gostou desse artigo? Continue recebendo nossos posts, dicas e e-books gratuitos!

Coloque seu e-mail abaixo e entre para nossa lista VIP!

Fique tranquilo seus dados estão 100% seguros e somos totalmente contra Spam.